Leo Dias / Foto: Divulgação SBT.

Após a saída de Mara Maravilha do "Fofocalizando", na última sexta-feira (17), o jornalista Leo Dias acredita que ele seja a "bola da vez" nos bastidores do SBT. "Eu sei que estou sendo mais observado. Eu sou a bola da vez por deixar que problemas pessoais interfiram no meu trabalho", disse em entrevista exclusiva ao site NaTelinha.

Segundo Leo Dias, que também trabalha na biografia não autorizada de Anitta, ele nunca teve nada contra Mara, mas a atitude da baiana de contestar seu trabalho o desagradou e relembra: "quando ia para São Paulo, eu via uma Mara excluída, achava feio isso, sabe? Mas essa Mara excluída eu não sabia se era por decisão dela ou por decisão do resto". No próximo mês, Dias completa dois anos no SBT. Ele conta que no início, sua prioridade era a emissora e trabalhava "muito mais que todo mundo". “Quando eu questionei o meu salário, foi por causa disso. As pessoas chegavam lá, trabalhavam uma hora e iam para casa", revela.  Responsável pelas exclusivas do "Fofocalizando", aos 43 anos, o jornalista tem o perfil de falar fracamente e sem medir palavras de todos os assuntos, inclusive da sua dependência química. "Eu estou me cuidando, vou me cuidar mais, vou me entregar mais ao meu tratamento (pausa), mas o apoio do SBT é fundamental. Quando as pessoas querem me atacar vão falar justamente da minha dependência química, da minha doença. Isso é triste", lamenta. Pela primeira vez, o apresentador assume que recebeu uma proposta formal da RedeTV! para comandar uma nova atração de celebridades e que já avisou a direção artística do canal de Silvio Santos sobre o convite. "Quem vai decidir se eu vou ou não para RedeTV! é o SBT", avisa. Além disso, segundo ele, a RedeTV! pretende ser o principal canal de jornalismo de celebridades do país. "Eles já têm o 'TV Fama' e a Sônia Abrão, o que falta? Falta Leo Dias", completa o jornalista, que tem 22 anos de carreira. "Eu sinto que o SBT não acredita mais tanto em mim, através de pequenos detalhes, como as redes sociais do programa, que agora pouco me divulgam. Tudo por minha culpa. Eu entendo", desabafa. Confira a entrevista completa:

MARA MARAVILHA
Eu gosto da Mara. Eu não gostei da atitude dela naquele dia de contestar o meu trabalho, mas eu não tenho nada contra a Mara. Quando ia para São Paulo, eu via uma Mara excluída, achava feio isso, sabe? Mas essa Mara excluída eu não sabia se era por decisão dela ou por decisão do resto. As vezes a gente se exclui por achar que somos mais que os outros. Ela parou de me seguir no Instagram, mas eu continuo seguindo ela. 

Mudança na forma de apresentar
Claro que não. Eu sei o peso de cada notícia. Eu não vou ficar fazendo piada com uma notícia que envolva polícia, morte e acusação de algum crime. Eu sei o tom que tenho que dar. Mas ao mesmo tempo eu sei que estou sendo mais observado. Eu sou a bola da vez por deixar que problemas pessoais interfira no meu trabalho.

Salário
Quando eu comecei a trabalhar lá, a minha prioridade era o SBT. Eu me dedicava demais. Eu trabalhava como um corno. Trabalhava muito mais que todo mundo. Quando eu questionei o meu salário, foi por causa disso. As pessoas chegavam lá, trabalhavam uma hora e iam para casa. Eu continuo trabalhando mais que todo mundo, mas meu ritmo desacelerou muito por determinação do SBT. Agora, quando eu faço uma pauta à noite, eu ganho uma folga. Então assim, eles perceberam que eu estava muito cansado e que minha vida pessoal estava interferindo no meu trabalho.


Dependência química
O SBT me apoia demais. Eu não tenho uma vírgula pra reclamar do SBT quanto a isso. Eu estou me cuidando, vou me cuidar mais, vou me entregar mais ao meu tratamento (pausa). Mas o apoio do SBT é fundamental. Agora, quando as pessoas querem me atacar, vão falar justamente da minha dependência química, da minha doença. Isso é triste. Ali eu vi o apoio do SBT e do jornal O Dia nem se fala. Depois que eu falei da minha dependência química todo mundo acha que eu estou louco. Eu não sou louco, eu sou assim. Quando eu era pequeno eu arrancava os dedos das bonecas da minha irmã (risos).

PROCESSO DE NALDO
No dia seguinte, tinha uma advogada me ligando pegando todos os dados para o papeis andarem rápido. E o processo vai andar rápido. São dois processos: o cível e o criminal.
Nota da redação: Leo Dias vai processar Naldo Benny após ser ofendido pelo cantor em vídeos no Stories do Instagram.

ANTONIA FONTENELLE x LIVIA ANDRADE 
A Antônia (Fontenelle) está com ciúmes. Eu entendo. Qual o interesse da Lívia em mim? A vida é uma troca eterna. Eu só vou me relacionar com uma pessoa, qualquer tipo de relação, se essa pessoa tiver alguma coisa pra me oferecer. Ou um corpo bom, uma companhia boa, dinheiro, poder.. Alguma coisa ela tem para oferecer. O que eu tenho para oferecer a Lívia Andrade? Nada. A Lívia é muito mais poderosa que eu no SBT. Tudo bem que a queda da Mara mostra que ninguém é eterno ali. Eu achava que todo mundo iria cair, menos a Mara. Deixa eu explicar uma coisa, eu tive uma crise séria recentemente, e a única pessoa que apareceu foi a Lívia Andrade. Eu não queria nem vê-la, mas sabe o que ela falou pra mim? "Eu só quero te dar um abraço". Isso não tem preço.

BIOGRAFIA DE ANITTA
O livro que estou fazendo, a editora meu deu um prazo: até o final de agosto, e eu não cheguei nem na metade. Eu estou desesperado. Eu tenho uma equipe, mas quem escreve sou eu. O livro está muito melhor do que eu esperava. O final é absolutamente surpreendente e vai para a capa de todos os sites. É o único momento que a Anitta fala. A fala da Anitta eu peguei de uma conversa do WhatsApp dela.

PROPOSTA DA REDETV!
Na terça-feira passada (14), o Kaká (Marques, gerente artístico da RedeTV!) me ligou e me fez uma proposta formal para me contratar. Eles me falaram qual era a ideia, qual o horário... Não seria um programa só meu, mas eu seria o carro-chefe. Não foi falado sobre dinheiro. A relação entre SBT e RedeTV! é muito próxima, por isso eu falei: "liguem pro SBT e perguntem se podem me assediar". Então, se o SBT autorizar eu vou passar a analisar a proposta. Se o SBT não autorizar, eu fico. Quem vai decidir se eu vou ou não para RedeTV! é o SBT. A ideia da RedeTV! é ser o principal canal de jornalismo de celebridades do Brasil. Eles já têm o "TV Fama" e a Sônia Abrão, o que falta? Falta Leo Dias. No mesmo dia que recebi a proposta eu avisei ao Pelégio (Fernando Pelégio, diretor artístico do SBT). O SBT está completamente ciente e eu não faço nada escondido, eu sou de verdade. Não vou fazer nada por debaixo dos panos. Nunca vou negociar com uma emissora sem o SBT saber. 

ORGULHO DO SBT
Eu me orgulho de estar no SBT, me orgulho muito do que o SBT fez por mim. Eu cheguei a lugares do Brasil que nunca tinham ouvido meu nome. Mas sair do SBT não vai ser o meu fim, porque eu sou o Leo Dias. O Leo Dias fofoqueiro, Leo Dias do blog, Leo Dias da rádio e o Leo Dias da Anitta.

SAIR DO SBT
Eu sinto que o SBT não acredita mais tanto em mim, através de pequenos detalhes, como as redes sociais do programa, que agora pouco me divulgam. Tudo por minha culpa. Eu entendo. O (Gabriel) Cartolano está crescendo devido aos meus vacilos e, lógico, ao talento dele. Mas todo mundo sabe o que eu já fiz por esse programa. Agora é hora de me recuperar. E se um dia eu sair do SBT, eu saio de cabeça erguida. Muito do que o programa é hoje, tem meu dedo.