Já se foi o tempo em que os autores da Globo tinha a segurança de suas obras seriam produzidas. Atualmente, existe um impasse na faixa das 21h. Ninguém crava com certeza absoluta quem será o autor (ou autora) responsável pela sua obra que irá substituir “Dias Felizes”, na faixa das 21h. Há quem diga que Walcyr Carrasco escreverá uma novela longa, com cerca de 200 capítulos.

Enquanto isto, na faixa das 18h, o cronograma parece ser mais tranquilo. Na fila do horário, “Órfãos da Terra”, de Thelma Guedes e Duca Rachid, com estreia prevista para o dia 2 de abril. Na sequência, “Nos Tempos do Imperador”, de Alessandro Marson e Thereza Falcão. E, por fim, o remake de “Éramos Seis”, de Ângela Chaves.

Especula-se que Alcides Nogueira poderá vir na sequência de “Éramos Seis”. Porém, é importante ressaltar que, no ano passado, Silvio de Abreu, o diretor de dramaturgia da Globo, solicitou a ele uma sinopse para o horário das 21h.