Janine Borba no 'Domingo Espetacular' / Foto: Record TV.

Nesta sexta-feira (10), a Record TV teve uma segunda movimentação importante no lento processo de reformulação do Domingo Espetacular, sua versão do Fantástico, no ar desde 2004. Decidiu que, a partir do próximo domingo (12), a jornalista Janine Borba não faz mais parte do time de apresentadores da revista eletrônica. Na atração desde 2006, Janine ficará à disposição de um novo projeto da emissora.

A mudança faz parte de um processo de modernização do Domingo Espetacular iniciado em janeiro, quando Antônio Guerreiro assumiu a vice-presidência de Jornalismo da casa, no lugar de Douglas Tavolaro, que foi montar a CNN Brasil.

Em março, a Record TV fez a primeira movimentação nesse processo com a nomeação do repórter Eduardo Ribeiro para ser um dos apresentadores do programa.

Com a saída de Janine, Paulo Henrique Amorim passa a ser o âncora mais antigo do dominical. Ele também está no DE desde 2006. Com Janine e Fabiana Scaranzi (2008- 2014), Amorim faz parte da chamada "segunda geração" apresentadores do programa. Seu contrato com a Record vai até 2021.

Além de Amorim e Ribeiro, continuam nobtime do Domingo Espetacular Thalita Oliveira e Patrícia Costa. Em breve, com a licença-maternidade de Thalita, o jornalístico voltará a ter apenas três apresentadores, como foi até 2017.

Fontes bem informadas da emissora apostam em uma troca completa do time de apresentadores do Domingo Espetacular. Paulo Henrique Amorim, apesar da torcida contrária e das pressões de políticos, deverá ficar pelo menos até o fim do contrato. Pesquisas o apontam como "a cara" do dominical, um nome de credibilidade.