“Altas Horas” especial encerra primeiro dia da programação dedicada ao ‘Criança Esperança’

Ana Maria Braga, Fátima Bernardes, Serginho Groisman e Reynaldo Gianecchini no 'Altas Horas' Especial / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.

Após um dia inteiro de programação especial, que teve início no ‘É de Casa’, o ‘Altas Horas’ encerrou a transmissão feita ao vivo, direto dos Estúdios Globo, em prol da mobilização pelo ‘Criança Esperança’. Ao longo de todo o sábado, flashes comandados por diferentes duplas de apresentadores foram feitos para promover a campanha. Depois de comandar o Mesão no horário do ‘Jornal Nacional’, Fátima Bernardes e Ana Maria Braga retornaram ao palco, desta vez, como convidadas de Serginho Groisman para o ‘Altas Horas’, que recebeu ainda Reynaldo Gianecchini, Caetano Veloso, Dani Calabresa, Marcius Melhem, Carlinhos Brown e Família Lima, além de grande elenco responsável por atender às ligações.

“O compromisso que o ‘Criança Esperança’ procura despertar nas pessoas é um engajamento para o ano todo, com muito respeito às instituições que aqui são abraçadas”, disse Serginho Groisman.

Christine Fernandes, Lúcio Mauro Filho, Nívea Maria e Ricardo Pereira / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.


O apresentador abriu mão do próprio estúdio para fazer o programa ao vivo do Mesão da Esperança, nos Estúdios Globo, onde foi montada uma versão adaptada do cenário do “Altas Horas”. “A gente teve muita liberdade na escolha das pessoas que iam participar e conseguimos fazer um programa muito diferente do que é a nossa cara. Nós fizemos uma mistureba boa”, festejou ele.


Fátima Bernardes e Fábio Porchat / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.

Depois de apresentar no “Encontro”, durante a semana, uma matéria sobre instituições beneficiadas pelo ‘Criança Esperança’, Fátima Bernardes bateu ponto no Mesão da Esperança. “Eu participo da campanha desde que eu entrei na Globo, fiz matéria em vários projetos, apresentei os telejornais que traziam essas matérias, e hoje estou no ‘Encontro’, que também acompanha o trabalho delas. Eu acho muito importante sensibilizar as pessoas, e, através dessas reportagens, elas sabem para onde estão doando, e veem que a doação delas realmente faz a diferença na vida de milhões de pessoas”, comenta.

Ana Maria Braga e Louro José / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.

Para Ana Maria Braga, o maior mérito do ‘Criança Esperança’, está justamente no fato de provocar uma comoção popular em torno do gesto da doação. “Através de campanhas como essa, a gente se dispõe a lembrar do outro”.

Ana Furtado e Cauã Reymond / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.

Ao longo do dia, nomes como Cauã Reymond, Ney Latorraca, Ana Furtado, Emanuelle Araújo, Aracy Balabanian, Angélica, entre outros passaram pelo Mesão da Esperança. Luciano Huck entrou ao vivo com o ‘Caldeirão’ e a influencer Vivi Guede vestiu-se dos pés à cabeça com os adereços da campanha, atendeu ligações e pediu, em seu perfil oficial, para seus quase um milhão de “seguimores” não deixarem de contribuir com a campanha. 

Fábio Porchat, Emanuelle Araújo, Roberta Miranda e Ney Latorraca / Foto: Divulgação Globo - Reginaldo Teixeira.


A campanha


O Criança Esperança se consolidou como uma das mais longevas e importantes do país, criando oportunidades e ajudando a transformar a realidade de crianças e jovens brasileiros. Desde 27 de julho, até 25 de agosto, as doações por telefone podem ser realizadas através dos números 0500 2019 007 (R$7); 0500 2019 020 (R$20) e 0500 2019 040 (R$40). Também é possível doar qualquer valor, a partir de R$ 1, pelo site www.criancaesperanca.com.br. Até hoje foram mais de R$ 370 milhões arrecadados, que beneficiaram mais de quatro milhões de crianças e adolescentes de mais de cinco mil projetos sociais, com atuação em áreas fundamentais como educação, esportes, cultura, inclusão e cidadania.

Neste ano, a campanha conta com um time de 31 mobilizadores. Um time diverso e engajado, que contribui para a mobilização da sociedade em torno da defesa de direitos de crianças e jovens. Os mobilizadores vêm percorrendo o país em visitas às 91 selecionadas pela UNESCO para receberem os recursos desta edição. Dessas, 47 serão beneficiadas pela primeira vez. E a lista completa estará disponível no site da campanha.

Vivi Guedes (Paolla Oliveira) / Foto: Divulgação Globo - Fabiano Battaglin. 

Sobre o Criança Esperança


Há 34 anos, o ‘Criança Esperança’ cria oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens em todo o país. Até hoje mais de R$ 370 milhões em doações foram investidos no Brasil em mais de cinco mil projetos sociais, beneficiando mais de quatro milhões de crianças, adolescentes e jovens em todo país. É possível fazer doações durante o ano inteiro, pelo site do ‘Criança Esperança’ (www.criancaesperanca.com.br). Os recursos arrecadados são depositados diretamente na conta da Unesco, que é responsável pela seleção de projetos, por meio de edital público, realizado anualmente, além de monitorar e fazer o acompanhamento técnico e financeiro das instituições apoiadas. O ‘Criança Esperança’ é uma campanha de milhões de brasileiros, uma parceria Globo e UNESCO.


Nenhum comentário