Jackeline Petkovic revela protesto de funcionários do SBT durante Bom Dia & Cia: “Os produtores começaram a sair do estúdio um por um”

Jackeline Petkovic e Dani Albuquerque / Foto: Divulgação RedeTV!.

A apresentadora Jackeline Petkovic é a entrevistada de Daniela Albuquerque no 'Sensacional' desta quinta-feira (8), exibido às 22h45, na RedeTV!. Durante a conversa, ela relembra como foi migrar do programa ‘Fantasia’ para o ‘Bom Dia & Cia’, em 1998, a convite de Silvio Santos para substituir Eliana. “No dia da primeira gravação, os produtores vieram na minha direção e começaram a sair do estúdio um por um. Fizeram um protesto a favor da Eliana”, revela. “Eu era contratada da empresa, estava cumprindo ordens e era julgada por isso. Foi muito triste”, desabafa.

No dia seguinte à gravação do piloto, o avô de Jack faleceu. Abalada com a perda, escutou do diretor: “Ou você escolhe a carreira, ou você escolhe seu avô, que não está mais aqui”. O diretor ainda teria dito que “loirinha, bonitinha e de olho claro não faltava no mercado”. Jackeline revela ainda que durante muito tempo ficou magoada com o SBT por episódio. “Eu achava que esse era o sistema da empresa, mas não. Foi um ato deliberado daquele diretor, que usou o nome da emissora para fazer isso. Fiquei traumatizada”, afirma.

Substituir Eliana não foi uma tarefa fácil para a jovem, na época, com 17 anos: “Sempre acaba existindo comparações. Muitos fãs ainda acreditam que existe uma rixa entre nós”. Para desassociar a imagem da ex-apresentadora do ‘Bom Dia & Cia’, Jackeline adotou estratégias de marketing para mudar as características do programa. “Aos poucos criamos uma nova identidade, com a minha cara e meu estilo. Foi desafiador!”.

Após comandar a atração infantil por cinco anos, Jack recebeu uma nova proposta do SBT, desta vez, para atuar em novelas. “Disse que não queria, que eu era apresentadora. Não aceitei. Esse é o ‘grande mistério’ por não ter renovado o contrato com a emissora. Eu não quis ir para novelas”, admite. Hoje, ao analisar sua escolha, mostra-se arrependida. “Foi uma péssima decisão que eu tive e a gente só aprende assim. Me arrependo”. Para a loira, o mais irônico foi o que vida lhe reservou em seguida “E o que eu fiz depois disso tudo? Fui fazer novela e uma que ninguém admite ter feito: a Metamorphoses”, diz em tom bem-humorado.

Em 2004, empresariada por Marlene Mattos, Jackeline recebeu uma proposta milionária para ser capa de duas revistas masculinas e negou os convites. “'Eu não vou fazer!”, disse ela à empresária. “A Marlene ficou horrorizada com isso e disse que iriam embrulhar peixe com a minha revista. Eu respondi: ‘Com a minha revista não vão, porque eu não vou fazer!’”, relembra. A decisão gerou uma briga com o escritório de Marlene Mattos: “Tive que envolver advogado para minha saída e acabei sofrendo alguns problemas [jurídicos]. Fiquei afastada do mercado para não pagar multa”, completa.

Com apresentação de Daniela Albuquerque, o Sensacional vai ao ar nesta quinta-feira (8), às 22h45, na RedeTV!. 

Nenhum comentário