Polêmica, Fernanda Gentil declara que respeita indivíduos racistas e homofóbicos: "Não quero forçar ninguém a nada''

Fernanda Gentil / Foto: Divulgação Gshow.

A apresentadora Fernanda Gentil fez algumas declarações polêmicas em uma entrevista à coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, em que diz respeitar indivíduos machistas e homofóbicos. 

''Respeito quem acha um crime ter o beijo gay. Agora não vai bater em quem beija, entendeu?'', disse a apresentadora de 32 anos que é casada há quatro anos com a jornalista Priscila Montandon. 

Ela ainda continuou e disse que respeita todas as opiniões. ''Respeito quem infelizmente é racista. Agora vai discriminar, bater, matar porque é de outra cor? Aí não'', afirmou ela na entrevista. 

Fernanda Gentil tem um filho de 4 anos, fruto do casamento com Matheus Braga, e ela diz não querer que ele seja gay por conta da situação do país. "Eu torço para ter um filho gay? Não. Infelizmente não torço", revela. 

A apresentadora comanda o programa diário Se Joga na Globo, nas faixas da tarde, ao lado de Fabiana Karla e Érico Brás. 

Nenhum comentário