Depois de alguns dias mantendo a classe artística na expectativa, período no qual declarou estar “noivando” com o governo, a atriz Regina Duarte aceitou nesta quarta-feira o convite feito pelo presidente Jair Bolsonaro para que assumisse a Secretaria Especial da Cultura

O sim foi oficializado numa reunião da atriz no Palácio do Planalto com Bolsonaro e Marcelo Álvaro Antonio , ministro do Turismo, a quem a pasta da Cultura está vinculada. 

Fontes dentro do governo acreditam que, agora, Bolsonaro considere a possibilidade de fazer a pasta voltar a ter status de ministério, ou ao menos ter uma interlocução direta com o Planalto.

O convite a Regina foi feito por Bolsonaro no último dia 17, após Roberto Alvim ser demitido do cargo por ter copiado trechos de um discurso nazista. 

A atriz desembarcou em Brasília por volta das 13h, e seguiu para a Secretaria da Cultura. Após o encontro que começou às 16h20 e durou meia hora, ela deu sua resposta sucinta aos jornalistas.