A Caixa Econômica Federal proibiu nesta segunda-feira (2) a comercialização dos produtos da Tele Sena e o Carnê do Baú da Felicidade. A proibição vale a partir do dia 1º de abril deste ano.

“Prezado Parceiro, informamos que a partir de 01/04/2020 os produtos TELESENA e Carnê do Baú da Felicidade Jequiti não serão mais comercializados nas Unidades Lotéricas. Atenciosamente, GN Canais Parceiros”, informa o comunicado distribuído para rede lotérica através dos Terminais Financeiros Lotéricos – TFLs.

Perda de receita para a rede lotérica

A Caixa coloca-se na contramão dos anseios dos empresários. Ao invés de aumentar os produtos conveniados para serem comercializados na rede lotérica e, consequentemente, aumentar o faturamento, o banco vai limitando cada vez mais os produtos.

O fim da parceria significa que os empresários lotéricos não receberão mais os 8% da comercialização dos produtos da Tele Sena, além de perder a mídia veiculada na TV Globo e no SBT indicando as lotéricas para a compra dos títulos.

A Tele Sena é um título de capitalização de Pagamento Único (PU), lançado em novembro de 1991 pela Liderança Capitalização S/A.

A diretoria da Liderança Capitalização solicitou reunião com a Caixa Econômica Federal.