Marcelo Torres, apresentador do telejornal SBT Brasil, foi diagnosticado com o novo coronavírus na terça-feira (14) e está afastado de suas funções do SBT por tempo indeterminado. Ele apresentou sintomas leves da doença e seu quadro não inspira preocupações. As informações foram confirmadas pela emissora.

Na segunda-feira (13), ele havia passado pelo ambulatório da emissora em Osasco (Grande São Paulo) queixando-se de uma corisa. No mesmo instante, o médico local o afastou e pediu para que o jornalista passasse os próximos 15 dias isolado em sua casa, mesmo sem ter feito teste para saber se estava infectado.

Para tirar suas dúvidas, ele foi ao hospital e fez um teste rápido, que apontou positivo para a Covid-19.

Além dele, o repórter Victor Ferreira, também de São Paulo, foi afastado temporariamente. Ele não está infectado, mas a emissora achou melhor mantê-lo em quarentena pelas próximas semanas.

Marcelo Torres trabalha no SBT há quase 15 anos e é um dos principais âncoras da casa. Ele é o substituto imediato de Carlos Nascimento na bancada do SBT Brasil, e sua última passagem pelo telejornal foi no sábado (11), quando dividiu a apresentação com a plantonista Carol Aguaidas.

Nesta semana, o SBT reforçou as medidas de segurança a seus funcionários para evitarem a exposição ao novo coronavírus.

Além de disponibilizar álcool em gel nas dependências da emissora, tornou obrigatório o uso de máscaras. Os jornalistas só devem tirá-las nos momentos em que estiverem apresentando os telejornais ou boletins.

A medida foi tomada após a morte do editor de imagens José Augusto Nascimento Silva, do SBT Rio, que contraiu a doença e passou duas semanas internado em estado grave. Na sexta-feira (10), ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e veio a óbito na segunda (13).