O empresário estava internado no Hospital Baia Sul, em Florianópolis, para onde foi encaminhado na noite de terça-feira (21), após passar mal em sua residência. Mário Petrelli sofreu sangramento no estômago e não resistiu a uma hemorragia. Ele convalescia de uma bem-sucedida cirurgia após implante de uma prótese no joelho.

Homem da Comunicação

O advogado e empresário foi responsável pelo crescimento na área de comunicação em Santa Catarina. O catarinense Mário Petrelli tinha 15 anos quando se mudou para a capital paranaense. Cursou Direito na Universidade Federal do Paraná e foi executivo de uma empresa de seguros. Na década de 1970, surgiu a oportunidade de adquirir uma emissora de televisão, a TV Coligadas, de Blumenau.

Essa foi a base do que se tornou o Grupo RIC, com sedes no Paraná e em Santa Catarina. Atualmente nomeado Grupo ND, em Santa Catarina, o conglomerado de mídia engloba NDTV, o jornal impresso ND e o portal nd+, além de revistas, a Record News, uma rádio e uma plataforma jovem, em Santa Catarina.

Por tudo o que Mário Petrelli representou na história da comunicação catarinense, será decretado luto oficial de três dias em Florianópolis.