Com as gravações suspensas por causa da pandemia do coronavírus, "Salve-se Quem Puder" ainda não tem data prevista de retorno aos trabalhos. A única coisa que se tem certeza é de que a trama de Daniel Ortiz terá mais 53 capítulos quando a produção voltar ao normal, de acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

O autor já foi avisado e adaptação das histórias e personagens devem acontecer. Antes prevista para ter 155 capítulos, o folhetim das 19h da Globo contará com apenas 107 episódios, 48 a menos.

A exibição da novela foi suspensa em 28 de março, após 54 capítulos exibidos, com a ordem de paralisação de todas as produções da Globo por conta da pandemia do novo Coronavírus.

A pausa na novela afetou todos envolvidos no projeto. No mês passado, Deborah Secco afirmou em entrevista que terá o desafio de recompor sua personagem, Alexia.

"Eu estava falando com o Fred (Mayrink, diretor artístico da novela) e com o Daniel que não sei mais se sei fazer a Alexia. Vou ter que assistir a alguma coisa para lembrar o tom e o ritmo. Esses personagens de construção são mais complicados ainda. Estou esperando os capítulos chegarem para saber como prosseguir. Talvez, quando isso acontecer, a personagem já baixe naturalmente", disse Deborah.

A substituta no horário vem sendo tratada como uma das maiores apostas da emissora para ano que vem. Com estreia prevista para março, a nova trama teve que mudar até de nome. Antes tratada como "A Morte Pode Esperar", a novela de Mauro Wilson, agora, ganhou novo título: "Quanto Mais Vida Melhor".

Já as gravações de Amor de Mãe devem voltar no dia 10 de agosto, também com capítulos reduzidos: só mais 20. A retomada da trama das 21h será um verdadeiro teste de fogo para as equipes dos Estúdios Globo, no Rio.



Curta nossa página