PicPay, Brahma Duplo Malte (Ambev), Miorrelax (Hypera Pharma), Havan, Unilever (Shampoo Clear) e Estácio.

O SBT transmite hoje a final do Campeonato Carioca, às 20h45, com patrocínio de seis marcas: Ambev (Brahma Duplo Malte), Estácio, Havan, Hypera Pharma (Miorrelax), PicPay e Unilever (Shampoo Clear).

A partida entre Flamengo e Fluminense pela Taça Rio terá narração de Teo José, com comentários dos ex-jogadores Roberto Rivellino, Jorginho, Carlos Alberto e Athirson, e cobertura da jornalista e apresentadora do SBT Rio, Isabelle Benito, e do jornalista do SBT Esporte Rio “Smigol”. A final do Campeonato Carioca 2020 será no Maracanã, com transmissão exclusiva em televisão aberta e para todo território nacional pelo SBT.

Por ter somado mais pontos durante toda a competição, o Flamengo será o mandante da partida decisiva. O jogo acontecerá sem a presença de torcedores, em decorrências das medidas estabelecidas no Rio de Janeiro para combater o avanço do novo coronavírus.

História da emissora com os esportes iniciou-se em seu primeiro ano de vida


A cobertura de esportes do SBT iniciou-se a partir do nascimento da emissora, em 1981, comandada por Walter Abrahão no departamento de jornalismo, com a presença de Edson Cury, o Bolinha, então afastado dos programas de auditório, atuando como repórter esportivo.

Em 1984, a cobertura das Olimpíadas de Los Angeles trouxe boletins diários com reportagens sobre a participação das mulheres nas olimpíadas. No mesmo ano, a emissora cria um novo departamento de esportes, sob comando de Osmar de Oliveira, com a participação de Jorge Kajuru e coordenação de Eduardo Zebini, e vai ao ar o primeiro programa esportivo: TVS Esportes. São transmitidos jogos de futebol em torneios menores e compactos aos domingos no programa Futebol Dinâmico, comandado por Juca Kfouri.

Num pool com a RecordTV, a emissora cobre sua primeira Copa do Mundo, no México, em 1986, e logo após, em 1988, Roberto Cabrini e Ivo Morganti se unem ao departamento para a cobertura das Olimpíadas de Seul, com Ivo à frente do programa Momentos Olímpicos, ao lado de Suzana Rangel.

Em 1990, Luiz Alfredo, Emerson Leão, Sócrates e Telê Santana, participam da cobertura da Copa do Mundo da Itália, e logo, Cabrini comanda a primeira versão de SBT Esporte e Primeira Fila, mostrando os bastidores das corridas de Fórmula Um. O mascote “Amarelinho”, criação da emissora, desponta como mascote da TV.

Em 1993 a emissora transmite as Eliminatórias da Copa de 1994 com nova equipe: Osmar de Oliveira (que voltava à emissora), Orlando Duarte, Juarez Soares e Telê Santana – também regressando – além de Luiz Ceará e Antonio Petrin nas reportagens. No mesmo ano é criado uma nova versão do SBT Esporte, que permanece até 1996.

A Copa do Mundo dos Estados Unidos ganha narração de Luiz Alfredo e do Dr. Osmar, e a equipe de comentaristas recebe o apoio do “capitão” Carlos Alberto Torres.

Em 1995 o SBT compra os direitos da Fórmula Indy, e lança Téo José como narrador esportivo, estando à frente também da nova versão de Primeira Fila. As transmissões marcam as tardes de domingo na emissora. Na mesma época, uma de suas maiores audiências na história se dá com a final da Copa do Brasil, torneio que foi elevado pela emissora ao patamar das grandes competições esportivas, tendo a final Corinthians x Grêmio a média de audiência de 42 pontos com 54 de pico (Ibope-Telereport 21/06/95 das 20:32 as 23:13 Mercado: Grande São Paulo). Amistosos eram promovidos em fomento a novos torneios como Copa dos Campeões Mundiais e, posteriormente, Taça Maria Quitéria, da Bahia.

No ano seguinte, Silvio Luiz chega para comandar as Olimpíadas de Atlanta, e o SBT lança Nivaldo Prieto como narrador. A equipe permanece na Copa do Mundo, com Silvio e Osmar se revezando na narração.

Em 1998, a Copa da França manteve a equipe de sucesso, com a participação de Hermano Henning na apresentação de boletins sobre o evento. Paulo Soares integrou o time, sob direção de Luciano Callegari Jr. Ainda em 1998 foi exibida a Copa Mercosul.

Em 2003 uma nova equipe chega para transmitir o Campeonato Paulista: Paulo Andrade, Dirceu Maravilha, Elia Jr, Silvia Vinhas e Elias Awad. A mesma equipe comandou a Copa Ouro.

Em 2005 Jorge Kajuru comanda a roda de debates Jogo Duro, já em 2010, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, apresentou Um Minuto com Pelé, comentando os jogos da Seleção Brasileira na Copa da África do Sul.



Siga-nos
Curta nossa página