A direção da emissora carioca pensa em colocar a trama de Lícia Manzo, que antes da pandemia iria substituir 'Amor de Mãe', para mais tarde.

Os bastidores da Globo andam pegando fogo com as últimas notícias que circulam nos corredores da emissora. Ninguém sabe o que vai acontecer com as produções de novelas inéditas, principalmente as do horário nobre. Antes da pandemia do novo coronavírus estava previsto que, no segundo semestre de 2020 entraria "Um Lugar ao Sol" substituindo "Amor de Mãe". No entanto veio o isolamento social, a paralisação dos trabalhos e tudo mudou.

A história escrita por Lícia Manzo, com Cauã Reymond no papel central vivendo irmãos gêmeos separados no nascimento, está ameaçada pela trama de João Emanuel Carneiro, de título ainda provisório "Olho Por Olho". 

A direção inverteria a ordem já prevista, passando a novela do autor do mega sucesso "Avenida Brasil" à frente da autora novata no seleto grupo de escritores do horário das 21h. Os diretores da Globo pesam na balança o que seria melhor para uma volta triunfal das produções.

Tudo muito escondido, mas o elenco da novela de João Emanuel já está se formando e alguns nomes foram fechados: Vera Fischer e Miguel Falabella, os dois como um casal, além de Dani Calabresa, estreando na dramaturgia, completando a última ponta do triângulo amoroso. Ela seria a amante do empresário.


Curta nossa página