Douglas Mesquita, o youtuber conhecido como Rato Borrachudo, revelou que o canal dele, que já acumula mais de 3,4 milhões de inscritos, corre o risco de ser excluído da plataforma. O criador de conteúdo, que sequer tem conseguido postar no canal que corre risco de deixar de existir, criou uma nova conta no site para pedir ajuda para o público.


Entenda o caso

Rato Borrachudo contou que o canal pode ser removido por ter recebido vários avisos de violação de direitos autorais. Segundo ele, as acusações foram arquitetadas para o prejudicar. Por ter usado alguns segundos do conteúdo de um vídeo específico que não pertencia a ele, em algumas das produções feitas, Rato concordou que deveria ter mesmo recebido uma das notificações. Mas o dono dos direitos do tal conteúdo, que é um outro youtuber, dividiu a acusação em quatro partes para, segundo Douglas, provocar a exclusão do canal. "Ele sabia o dano que ele iria causar em mim", desabafou. Douglas preferiu não revelar quem é a pessoa.


Pedido de ajuda

Através do novo canal que criou na plataforma, Rato Borrachudo tem mobilizado a internet, que se solidarizou com a situação dele. A nova conta acumula cerca de 300 mil inscritos. Outros criadores de conteúdo de grande expressão, como Felipe Castanhari, têm tentado o ajudar. Em um vídeo postado, no qual explica toda a situação, o youtuber se emociona e, em vários momentos, precisa se conter para não chorar. "É injusto perder o trabalho de uma vida por causa de uma fantasiosa violação de direitos autorais onde eu não descumpri nada na lei. Não houve conversa, nada. Estou me sentindo muito impotente com isso", falou. O canal que corre risco existe há 13 anos.

No mesmo vídeo, Rato Borrachudo chega a contar que, além dessa situação que tem o afetado muito, ele tem passado por outros problemas pessoais. "Eu desabei. Meio que quis desistir de tudo", falou. Disposto a enfrentar a batalha judicial, o criador de conteúdo pede ao YouTube que o canal não seja excluído. Ele defende que ninguém tem a ganhar com isso.


Veja o vídeo postado por Rato Borrachudo, no qual ele desabafa sobre a situação:





Curta nossa página