Ratinho e Chris Flores assumem o comando da festa e dão seus depoimentos. Chris Flores faz uma reflexão importante para os dias de hoje sobre o Capacitismo Estrutural: "Eu vou propor uma reflexão para quem está em casa. Você já falou alguma vez assim? Que uma pessoa sem deficiência, é uma pessoa normal? Tenho certeza que sim, a gente já cometeu esse erro. Infelizmente esse costume está enraizado na nossa sociedade. Trata-se do Capacitismo Estrutural. E a gente pode corrigir essa atitude, que é um preconceito. A gente precisa se reeducar, falar sobre esse assunto sempre. Não divida o mundo entre normais e com deficiência, no fundo somos pessoas com capacidades diferentes, com corpos diferentes e é exatamente isso que nos faz humanos. Hoje são os pacientes da aacd que precisam da nossa ajuda. Amanhã pode ser você."

Ratinho faz um paralelo com o momento atual: "Nesse momento de pandemia, umas das lições que tivemos foi de usar a máscara, pois a máscara protege a todos que estão ao seu redor. Além de cuidar de si mesmo, tem que cuidar de quem está ao seu lado. E o Teleton é a oportunidade para você mostrar que aprendeu essa lição tão simples. Cuidando do outro, cuidamos da gente também".



Ratinho e Chris Flores assistem a Dilsinho cantando "Sogra" e "Onze e Pouquinho".




Curta nossa página