Em relação à edição anterior, audiência sobe 61% em São Paulo, 70% no Rio e 57% no Mercado Nacional. Programa atingiu quase 115 milhões de telespectadores no Brasil inteiro.


Há três meses no ar e com final marcada para dia 17 de dezembro, a 12ª temporada de A Fazenda cresce em audiência em São Paulo, no Rio de Janeiro e também no Mercado Nacional.

Na Grande São Paulo, o programa comandado por Marcos Mion, de sua estreia, no dia 8 de setembro, até 8 de dezembro, ou seja, em três meses no ar, tem uma média parcial de 13,4 pontos. Este índice torna a 12ª temporada a mais assistida da década. Com este número, A Fazenda garante a vice-liderança isolada e com folga, uma vez que a emissora terceira colocada, no confronto com o reality rural da Record TV, registra, até o momento, 5,4 pontos de média.

Se compararmos com a temporada anterior que, em 2019, marcou 8,3 pontos, o reality show cresceu 61% na audiência este ano.

Já no alcance de telespectadores, os números também impressionam: mais de 12,6 milhões de telespectadores sintonizaram o programa por pelo menos um minuto, o que significa mais de 5,5 milhões de lares.

No Rio de Janeiro, a média parcial é de 12 pontos e 21% de share, garantindo, também, o segundo lugar para A Fazenda, uma vez que a concorrente em terceiro lugar tem 5,3 pontos de média. Com o resultado, houve um salto de 70% em relação à edição de 2019, quando fechou com média de 7,1 pontos.

Já no Mercado Nacional, o programa, até o momento, tem a melhor audiência da década: o resultado parcial é 10,8 pontos de média. Um crescimento de 57% em relação à temporada anterior, exibida em 2019, quando registrou 6,9 pontos de média. 

A Fazenda 12, no Mercado Nacional, também é vice-líder absoluta. A terceira colocada marca, até o momento, apenas 4,9 pontos de média.

Em alcance de telespectadores, esta temporada já atingiu quase 115 milhões de telespectadores por pelo menos um minuto em todo o país, segundo o Atlas de Cobertura da Record TV, ou seja, quase 50 milhões de lares brasileiros. 

O reality show tem apresentação de Marcos Mion, produção da Teleimage, com direção do núcleo de realities de Rodrigo Carelli e direção-geral de Fernando Viudez.




Curta nossa página