Uma temporada atípica e ainda mais especial. Ao longo de três meses, o 'The Voice Brasil' levou entretenimento inédito ao público de casa e deu a dezenas de cantores brasileiros a oportunidade de matar as saudades do palco e exercer sua arte. E assim o fez, brilhantemente, Victor Alves, eleito o grande vencedor da edição, com 34% do voto popular.

Com o troféu em mãos, o campeão não conteve as lágrimas e fez um discurso emocionado. "Eu realmente já passei por muita coisa. Nunca imaginei chegar até aqui. Não tenho palavras para descrever o quanto estou feliz! Queria dedicar esse prêmio a minha mãe, que acreditou muito em mim. Se não fosse por ela, eu não estaria aqui. E também a todo mundo que torceu por mim. É o início de um sonho", agradeceu.

Com a vitória de Victor, IZA estreou no primeiro lugar do reality com seu time. A técnica não poupou elogios ao seu candidato: "O Victor é luz. Todas as vezes que ele subiu no palco eu esqueci que estava aqui como técnica e fui levada pela paixão e pelo dom que ele tem. Ele sempre entrega o coração e deixa meu coração derretido quando canta. É um talento que nasceu com ele. Eu sou fã".

Victor entrou no Time IZA depois de cantar "Pra você acreditar" nas Audições às cegas e virar as cadeiras de todos os técnicos. Nas Batalhas, levou a melhor no dueto com a música "Se eu não te amasse tanto assim". Em sua primeira apresentação ao vivo, na Rodada de fogo, cantou "Um dia, um adeus” e foi o escolhido de IZA para avançar no reality. Já nos Shows ao vivo, garantiu a vaga de semifinalista, dada pela técnica, com uma performance de "Atrasadinha". Cantando "Péssimo negócio" na Semifinal, ele chegou à última noite do programa, em que presenteou o público com as canções "Graveto" e "Diamonds".

O 'The Voice Brasil' tem direção artística de Creso Eduardo Macedo e apresentação de Tiago Leifert, com Jeniffer Nascimento nos bastidores. O reality foi ao ar às terças e quintas, após 'A Força do Querer', na TV Globo, e às quartas e sextas, no Multishow.


Curta nossa página