A TNT Sports ganhou a concorrência feita pela UEFA e manteve os direitos da Champions League. Agora, o canal da Warnermedia transmitirá todas as partidas sem dividi-las com o Facebook como ocorria nos últimos três anos. A Globo tentou obter os direitos da competição da elite de clubes europeus, mas não teve sucesso.

A competição terá um pacote só para TV aberta, negociado à parte, que foi vencido pelo SBT, que terá direito a um jogo por rodada.

O novo acordo entre TNT Sports e a UEFA vai ser válido por um período de mais três anos. Começa a partir da próxima edição, de 2021/22, e se estende até 2023/24.

O processo seletivo da Champions League teve início do final do ano passado. A Warnermedia colocou como prioridade manter esses direitos. Ainda não está claro se, além da Globo, houve outros concorrentes.

Nas discussões da proposta, a UEFA ficou satisfeita com os altos índices de audiências e com o trabalho digital feito pela TNT Sports para divulgação da competição. Esses pontos, juntamente com a melhor proposta financeira, pesaram a favor da Warnermedia —superando a proposta da Globo

O processo de concorrência, tocado pela Team, empresa contratada pela UEFA, leva em consideração as propostas feitas e se molda para decidir qual o melhor pacote. Desta vez, o Facebook, que dividiu os direitos com a Warnermedia nos últimos três anos, não fez parte da proposta e deixará de transmitir os jogos.

Os investimentos da Warnermedia no futebol no Brasil começaram com a compra do Esporte Interativo, marca que já que tinha transmitido a Champions League. Recentemente, a empresa mudou a marca Esporte Interativo para TNT Sports. Com a nova marca, há canais na TV fechada e em pacotes por streaming como o "Estádio TNT Sports". Essa plataforma vai passar parte dos jogos da Champions. Será o quinto ciclo da competição no conglomerado de mídia.

Já o SBT voltou ao futebol ao comprar os direitos da Copa do Nordeste em 2018. Ainda transmitiu um jogo da final do Carioca-2020. No ano passado, levou os direitos da Libertadores após a Globo romper seu contrato com a Conmebol. E atualmente também adquiriu os direitos do Campeonato Paranaense.



Curta nossa página