Marido do humorista Paulo Gustavo, o dermatologista Thales Bretas agradeceu as doações de sangue que têm sido feitas, nos últimos dias, para ajudar o tratamento do artista que está intubado em um hospital no Rio, em decorrência de complicações da Covid-19.


Em vídeos publicados no Instagram, Thales registrou anônimos e famosos, entre eles Claudia Raia e o marido Jarbas Homem de Mello, que se solidarizaram com o comediante . "Sangue da Claudia Raia certamente é purpurinado e iluminado como ela. E do seu amor, Jarbas Homem de Mello. Muito bom sentir tanto amor", celebrou Thales.


No início desta semana, Thales veio a público para explicar que Paulo Gustavo seria submetido a um novo tratamento contra a doença, e que precisaria de doações de sangue. "Sabemos que, por causa da Ecmo (circulação extracorporea em membrana, que é o pulmão artificial) , ele tem que ficar anticoagulado, perde um pouco de sangue, e por isso precisou tomar algumas bolsas de sangue", informou.


Na publicação, Thales revelou que ainda não fez a doação para o marido porque também contraiu Covid-19 nos últimos dias. "Muito obrigado a todos que doaram e que tentaram doar. Muitos amigos, prova de amor! Muitos também que nem conhecemos, mas que foram ofertar seu sangue e sua energia positiva a Paulo Gustavo e a todos os adoentados que precisam de sangue", escreveu.


'O Brasil precisa de sangue'


O marido do ator aproveitou a oportunidade para incentivar aqueles que o acompanham pelas redes sociais a fazerem doações de sangue. "Assim como ele, certamente milhares de pessoas estão precisando de sangue nos hospitais, e a pandemia tem dificultado as doações, pelo medo de sair e se expor".


Thales explicou ainda que, por conta da pandemia, os bancos de sangue estão tomando as medidas necessárias para evitar o contágio do coronavírus nas unidades. Ressaltou que: "o Brasil e o mundo estão precisando muito de doações, e não podem esperar".


"É importante falar que a doação é para o Paulo Gustavo Amaral para repor o banco de sangue. Mas, certamente, com tantas pessoas bem-intencionadas, vamos ter sangue para ele e pra muitos outros que estão precisando!", complementa ele, que colocou um mapa com um ponto de doação no Rio, mas incentivou que outras pessoas também doem em suas cidades.




Curta nossa página